Olá viajantes. Final do ano e carnaval vem aí e temos muitos roteiros onde precisa ir de avião. Sabemos que algumas datas são importantes e toda a família viaja em peso e nossas crianças, que são nossas maiores alegrias, nunca podem ficar de fora. Reunimos algumas dicas de como viajar com elas, para que a sua viagem e principalmente as delas, sejam maravilhosas!

1 – Se o bebê é pequeno e a viagem é longa, considere levar um sling.  Mesmo que você fique na primeira fila, as vezes o bercinho pode ser pequeno e pouco confortável, podendo ficar com as perninhas pra cima. Com o sling, o bebê fica aconchegado na mamãe e também consegue ficar com os braços livres.

2 – Na hora da reserva, ou checkin, veja se consegue ficar na primeira fila. Mas se não conseguir, não entre em pânico. Seja amigável com os atendentes e se o vôo não estiver cheio, pergunte se existe alguma fileira que tem a possibilidade de sobrar uma cadeira. As vezes é melhor estar algumas filas atrás, porque pode ocasionar que outras mães tenham crianças e solicitem a primeira fila. O que acontece? Muitas crianças na primeira fila e se cada uma choramingar uma hora, nenhuma criança vai dormir direito. Se possível, fuja das filas de apenas duas cadeiras, principalmente se você está sozinho(a) com o bebê e vai correr o risco de ter alguém estranho sentado ao seu lado e com pouco espaço na hora que o bebê for dormir.

3 – Antes de entrar no avião, lembre-se detrocar fraldas e alimentar o bebê/ criança. Não deixe para fazer isso dentro do avião, porque se algo acontecer: a fila empacar ou você não conseguir sentar rápido, ter um bebê chorando não vai ajudar. Mas deixe a mamadeira para quando estiver no avião.

4 – Use o bom senso: Se as crianças são maiores e mais impacientes e a viagem for curta, deixe para entrar por último no avião, assim, será só o tempo de colocar o cinto de segurança e decolar. Mas se a viagem for longa e você estiver levando um car seat, tente embarcar primeiro. Verifique se o aeroporto/cia area tiverem embarque preferencial para quem tem crianças ou se você tiver cartão de fidelidade da empresa que te dá acesso prioritário no embarque, aproveite. Mas lembre-se que embarque com crianças em outras partes do mundo podem não estar na lista de preferencial. Nos Estados Unidos por exemplo, na maioria das cias aéreas não há embarque preferencial para famílias com crianças, mas o aeroporto de Orlando tem uma fila na segurança especialmente para elas.

5 – Leve brinquedos pequenos, que caibam na bolsa de mão e apropriados para idade. Mas lembre-se, você vai estar no avião com outras pessoas, então nada de levar brinquedos que façam barulho. Para crianças maiorzinhas, livros de colorir, bloquinho em brancoo com giz de cera e livros de historinhas são ótimos pra distrair. Brinquedos que precisam de pilha ou bateria para funcionar, só leve se tiver pelo menos mais uma de reserva. Ter que escutar o seu anjinho berrando porque o brinquedo parou de funcionar dentro do avião, não é algo que você vai querer presenciar.

children-cute-photography-airplane-toy-hd-wallpaper

6 – Vista seu o bebê/criança de maneira confortável, em camadas e com roupas fáceis de colocar e tirar. Alguns aviões são mais frios nas primeiras fileiras, outros no final. Como não dá pra saber exatamente, melhor ir prevenido. Evite roupas com muitos botões ou com algum detalhe que pode incomodar. Leve na bolsa de mão pelo menos duas trocas de roupa para emergências, principalmente em vôos mais longos. Vai por mim, uma só nem sempre é suficiente. Não esqueça de levar uma troca de roupa para você também, porque os pais são sempre os primeiros alvos.

7 – Amamente(no peito ou mamadeira) na hora da decolagem e do pouso para evitar a pressão no ouvido. Se a criança já não toma mamadeira, qualquer coisa que ela possa mastigar ou chupar(agua em garrafas com bicos fixos, biscoitos, pirulito) durante a decolagem e pouso vão servir. As crianças maiores podem usar as mesmas técnicas dos adultos.

8 – Ao invés de bolsa de mão, leve uma mochila. Você pode colocar nas costas e ter as duas mãos livres. Deixe essa mochila com todos os itens essenciais no chão a sua frente, pra que você não tenha que levantar ou não seja pega de surpresa bem na hora que o sinal de afivelar o cinto de segurança for acionado.

9 – Leve o carrinho de bebê e despache no portão de embarque, mesmo para crianças já grandinhas. Veja com a cia aérea os limites e se ela não permitir um carrinho comum, leve o do tipo “umbrella”. É sempre melhor ter o carrinho disponível na porta do avião, principalmente se as distâncias no aeroporto são longas.

10 – Para crianças que vão ter um assento só para elas, levar ou não o car seat é sempre uma escolha dificil. Agora já existe um cinto de segurança aprovado pelo FAA que é o CARES: Child Aviation Restraint System que minimiza o esforço de sair carregando o car seat no avião e pelo aeroporto. Se optar por levar o Car seat, tente chegar com antecedência no aeroporto e entrar primeiro no avião, pra ter tempo de posicionar seu bebê/criança sem pressa.

 

É isso aí pessoal. Malas prontas e vamos viajar!

 

 

Fonte: http://www.aprendizdeviajante.com

RECEBA GRATUITAMENTE A NOSSA REVISTA MENSAL!

RECEBA GRATUITAMENTE A NOSSA REVISTA MENSAL!

Receba gratuitamente na sua casa a nossa edição impressa da revista Clube de Viagens com dicas, roteiros novidades e muito mais!

Pronto, agora é só ficar ligado na caixa de correio e aguardar a nossa revista chegar!

Pin It on Pinterest