Entenda um pouco sobre o transporte de bagagens em viagens e excursões.

Transporte de bagagens

Bagagem de mão

Bagagem de mão é aquela que pode ser levada junto ao passageiro durante a viagem. Cada companhia aérea tem suas restrições em relação ao peso e volume da mala, e cumprem exigências em relação a itens permitidos e proibidos na bagagem de mão.

Para evitar transtornos na hora do embarque, prepare sua mala com cuidado e consulte as tabelas abaixo para saber exatamente os pesos e as medidas permitidas.

No caso de viagens nacionais, todas companhias aéreas adotam as mesmas regras de peso, porém cada uma tem um regulamento próprio quanto ao volume permitido. Aproveite a pratique o desapego: viaje apenas com a bagagem de mão. Assim você economiza tempo e dinheiro!

Em voos internacionais, os pesos e as medidas variam conforme as regras de cada companhia aérea. Geralmente, o número de itens permitido é uma bagagem de mão mais um item pessoal; esse limite pode aumentar para dois volumes para clientes Premium. Confira na tabela abaixo regras de determinadas companhias aéreas!

Bagagem despachada

A bagagem despachada é a mala que vai no porão do avião. Esta bagagem é entregue à companhia aérea no momento do check-in e devolvida ao passageiro no momento do desembarque.

Em maio de 2017, a ANAC aprovou novas regras para bagagem, política de cancelamento e assistência para atrasos de voos, permitindo que as companhias aéreas que voam a partir do Brasil definam sua estratégia comercial para despacho de bagagens. O limite de peso da bagagem é definido por cada empresa, assim como o valor a ser cobrado para despachá-la. Confira na tabela abaixo as especificidades de cada companhia e a data em que essa mudança de regra começa a vigorar!

  • Importante: artigos esportivos, instrumentos musicais e outros tipos de bagagens especiais, dependendo da empresa, podem ser taxados também conforme suas dimensões (acima de 158 cm). Para mais informações, confira abaixo o item “Bagagem especial”.

Em voos internacionais, as normas da Anac aplicam-se aos voos que saem do Brasil. Caso o voo parta de outro país, é necessário conferir as regras do local de origem da viagem, e claro, da companhia aérea.

Com essa mudança de regulamento da ANAC, cada companhia aérea pode definir qual o peso permitido por bagagem e qual o preço de cada mala despachada.

  • Importante: se seu bilhete para o exterior tiver escalas em outros aeroportos brasileiros, ou em outros países onde a franquia é menor, não se preocupe! O que vale é o seu destino final. Mas, caso você tenha comprado as passagens separadamente, preste atenção nas regras e limites de bagagem permitidos em cada país. Isso pode ajudá-lo a poupar alguns dólares ou euros evitando os excessos de peso…

Bagagem especial

Cada empresa tem suas regras para transportar bagagens especiais: pode contar como bagagem despachada (o peso entra na franquia e as dimensões máximas são de 158 cm) ou como extra mesmo, exigindo uma taxa diferenciada. Se a bagagem especial ultrapassar o peso e tamanho determinados pela empresa aérea, será cobrada uma taxa de acordo com a legislação.

Consulte sua cia aérea e tenha certeza dos itens especiais permitidos! Geralmente entram nessa lista:

  • Vara de pescar
  • Prancha de surf
  • Bicicleta
  • Ski/snowboad
  • Arco e flecha
  • Kite surf
  • Patinete
  • Cadeira de rodas
  • Instrumentos musicais (violão, violoncelo)
  • Televisor e monitores

Perguntas Frequentes

Qual é o limite de bagagem para voos nacionais?

Independentemente da empresa aérea, em voos nacionais é permitido levar consigo uma bagagem de mão, com no máximo 10 kg, além de um item pessoal. Já para despachar bagagens, segundo as novas regras da ANAC, cada empresa pode definir suas regras e preços por volume despachado. Confira abaixo as regras e os valores de algumas companhias para voos domésticos:

Azul – A partir do dia 1º de junho, a Azul mudará seus preços e haverá 2 opções de tarifas: a tarifa Azul, que será a mais barata, onde o cliente pode escolher acrescentar sua bagagem por R$ 30 por cada mala de até 23 kg; e a tarifa MaisAzul, que mantém o mesmo preço de antes e inclui naturalmente uma bagagem de 23kg.

Gol – A partir do dia 20 de junho, a Gol vai lançar uma nova classe tarifária promocional, chamada de tarifa Light, para clientes que aceitarem viajar só com a mala de mão. Se o cliente quiser despachar algum volume, pagará R$ 30 por cada mala de até 23 kg quando solicitado pela internet, autoatendimento e agências de viagens, ou R$ 60 no balcão de check-in.

LATAM – A partir de 24 de junho, a Latam cobrará R$ 50 pela primeira mala de até 23 kg e R$ 80 pela segunda.

Avianca – A Avianca decidiu não cobrar a taxa extra no início da vigência da resolução.

Qual é o limite de bagagem para voos internacionais?

Em relação à bagagem de mão, geralmente é permitido apenas um volume de 10 kg mais um item pessoal – o ideal é conferir na tabela acima ou diretamente no site da empresa aérea. Já para despachar bagagens, segundo as novas regras da ANAC, cada empresa pode definir suas regras e preços por volume despachado. Confira abaixo as regras e os valores de algumas companhias para voos internacionais:

Azul – A partir do dia 1º de junho, em voos internacionais, o cliente Azul terá direito a despachar duas bagagens de até 23kg sem custos.

Gol – A partir do dia 20 de junho, a Gol cobrará por bagagens despachadas em viagens para o exterior. O peso máximo diminui para 23 kg e custará US$ 10 quando solicitado pela internet, autoatendimento e agências de viagens, ou US$ 20 no balcão de check-in.

LATAM – A partir de 24 de junho, em voos pela América Latina, o cliente terá direito a despachar uma bagagem de até 23kg sem custos, e em outros voos internacionais, essa cota sobre para duas bagagens de até 23kg.

Avianca – A Avianca decidiu não cobrar a taxa extra no início da vigência da resolução.

Qual é o peso da bagagem em voo nacional?

Em voos nacionais, é permitido que a bagagem despachada pese até 23 kg (podendo ser cobrada, dependendo da companhia aérea e da tarifa escolhida) e que a bagagem de mão pese 10 kg.

Qual é o peso da bagagem para voo internacional?

Em voos internacionais, as normas da ANAC aplicam-se aos voos que saem do Brasil. Com as novas regras da ANAC, cada empresa pode escolher o peso que permite por bagagem despachada em voo internacional. Confira a tabela acima ou entre em contato diretamente com a sua companhia aérea.

Em relação à bagagens de mão, os pesos e as medidas variam conforme as regras de cada companhia aérea. Confira as informações sobre bagagem diretamente com a sua companhia aérea e evite problemas na hora do embarque.

Qual é o tamanho permitido para bagagem de mão?

Com as novas regras da ANAC, ficou definido que o peso máximo da bagagem de mão deve ser 10 kg, porém, cada empresa pode definir as dimensões da mala.

O que pode levar na bagagem de mão em um voo internacional ou nacional?

Na bagagem de mão em voo internacional ou nacional você deve levar documentos, dinheiro, aparelhos eletrônicos (celular, notebook…), máquina fotográfica e itens de valor. Medicamentos são permitidos, desde que com prescrição médica.

Da mesma forma, a alimentação de bebês e líquidos de dietas especiais poderão ser transportados na quantidade necessária à utilização no período total de voo (incluídas eventuais escalas) e deverão ser apresentados no momento da inspeção de segurança.

É permitido levar comida no avião?

Em voos nacionais é permitido levar alimentos e bebidas. Já em voos internacionais há restrições quanto ao tipo de alimento, principalmente in natura, como frutas, laticínios, etc. A fiscalização da vigilância sanitária pode ser bem rigorosa, consulte as regras do aeroporto onde você vai desembarcar e fique tranquilo em relação a isso!

O que não pode levar na bagagem de mão em um voo internacional?

Independentemente de ser voo nacional ou internacional, a bagagem de mão não poderá conter objetos pontiagudos, cortantes ou de ponta arredondada que possam ser usados para causar ferimentos (alicates de unha, canivetes…). Tais itens só podem ser transportados na bagagem despachada.

Em voos internacionais, existem restrições para o transporte de líquidos em bagagem de mão. Todos os líquidos, inclusive gel, pasta, creme, aerossol e similares, devem ser conduzidos em frascos com capacidade de até 100 ml e colocados em embalagem plástica transparente, vedada, com capacidade máxima de 1 litro, não excedendo as dimensões de 20 x 20 cm.

É importante destacar que se a embalagem passar de 100 ml, o produto é descartado, mesmo que esteja parcialmente cheio. A embalagem plástica deve ser apresentada na inspeção de embarque de passageiros, sendo permitida somente uma embalagem por passageiro.

E se eu comprar bebidas, perfumes ou qualquer outro tipo de produto líquido no freeshop?

Os líquidos adquiridos em freeshops ou a bordo de aeronaves podem exceder os limites estipulados, mas devem estar em embalagens plásticas seladas e com o recibo de compra à mostra.

O que pode levar na bagagem de mão da Azul?

Na bagagem de mão da Azul você pode levar seus documentos, dinheiro, remédios, aparelhos eletrônicos e itens de valor. É permitido levar também material para leitura, blusas extras e casacos.

O que pode levar na bagagem de mão da Avianca?

Na bagagem de mão da Avianca você pode levar seus documentos e outros itens pessoais, assim como uma manta ou coberta, guarda-chuva ou bengala (não pontiagudos) ou equipamentos eletrônicos. Instrumentos musicais também são considerados bagagem de mão, desde que a peça esteja armazenada em uma embalagem adequada e dentro dos padrões de tamanho (150 cm).

O que pode levar bagagem de mão da LATAM?

Os passageiros LATAM podem levar dinheiro, documentos e outros itens pessoais, assim como blusas ou jaquetas, guarda-chuva e material de leitura.

Aparelhos eletrônicos também estão permitidos, até 4 frascos (com capacidade de até 300 ml ou 300 mg) de produtos em spray e perfumes, e uma sacola pequena do Duty Free. Como bagagem de mão especial é possível levar instrumentos musicais, desde que entrem no padrão de tamanho da mala de mão.

O que pode levar na bagagem de mão da GOL?

Além de itens pessoais como documentos, dinheiro e jóias, o passageiro GOL pode levar livros, guarda-chuva, mantas e casacos e aparelhos eletrônicos, como câmeras fotográficas e laptops.

Caso seu instrumento musical tenha um tamanho igual aos padrões exigidos para mala de mão, ele poderá ser transportado com você durante o voo. Passageiros pagantes que viajam com bebês de até 2 anos podem usar o bebê conforto.

Meu voo internacional tem escala/conexão em outros aeroportos brasileiros ou no exterior. Que regras de peso e que medidas de bagagem devo seguir?

Se os trechos forem emitidos juntos, não se preocupe: estão asseguradas as regras brasileiras da sua companhia aérea!

O problema surge quando você compra passagens separadamente e precisa desembarcar em outra cidade brasileira para depois seguir viagem para o exterior. Nesse caso, a regra é clara: voos domésticos permitem apenas uma bagagem de 23 kg.

Minha conexão é muito longa em um aeroporto no exterior. Caso eu saia do aeroporto, passeie pela cidade e queira comprar algumas coisas, eu posso despachar mais uma bagagem?

Sim, você pode sair do aeroporto, mas tome cuidado com o tempo de conexão! Numa dessas você pode perder o voo por não ter calculado muito bem o tempo livre.

No caso da bagagem, não é possível despachar mais bagagens no meio da viagem. Procure comprar apenas produtos que possam ir na sua bagagem de mão e evite problemas no embarque.

RECEBA GRATUITAMENTE A NOSSA REVISTA MENSAL!

RECEBA GRATUITAMENTE A NOSSA REVISTA MENSAL!

Receba gratuitamente na sua casa a nossa edição impressa da revista Clube de Viagens com dicas, roteiros novidades e muito mais!

Pronto, agora é só ficar ligado na caixa de correio e aguardar a nossa revista chegar!

Pin It on Pinterest